O perfil do consumidor brasileiro está mudando, e seu olhar perante as marcas e empresas também. Com o  consumidor cada vez mais preocupado com o meio ambiente, as empresas estão adotando estratégias de marketing que focam no crescimento sustentável e responsabilidade ambiental. Porém, na teoria, algumas delas prezam pelo desenvolvimento sustentável, mas na prática não cumprem aquilo que prometem. 

Greenwashing é o nome dado às estratégias utilizadas por empresas (não somente empresas, mas também indústrias públicas ou privadas, ONGs, governos e políticos) que divulgam ser ecológicamente corretas, mas na verdade não tomam medidas efetivas para minimizar ou impactos ambientais, muito pelo contrário, em muitas casos a empresa gera impactos negativos ao meio ambiente. 

O que é greenwashing?

O termo greenwashing significa “lavagem verde” ou “maquiagem verde”, e significa exatamente o que o nome sugere, empresas que fazem propaganda enganosa, com o discurso de marketing verde. O objetivo dessas organizações é conquistar os consumidores com o discurso eco-friendly, fazendo propaganda enganosa. 

Quer um exemplo de greenwashing? Aqui no Brasil, em 2017, a empresa Fiat levou uma advertência por propaganda enganosa de um produto chamado pneu Superverde. O produto prometia alta durabilidade e baixo gasto de combustível, contribuindo para a preservação do meio ambiente. A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor alegou que mesmo o pneu oferecendo os benefícios prometidos, outros fatores como a produção e o descarte do pneu não condizem com a proposta sustentável do produto.

Além disso, podemos encontrar o greenwashing em propagandas, campanhas eleitorais, produtos que prometem ser biodegradáveis e ter uma produção sustentável, entre outros.

Greenwashing x marketing verde?

O marketing verde é exatamente o contrário do greenwashing, é um conjunto de estratégias de marketing, que são adotadas por uma empresa, focadas em uma postura sustentável, com ações que beneficiam o meio ambiente.

Para uma empresa ser considerada “verde”, deve ter responsabilidade ambiental e passar por uma transformação social, econômica e cultural. Além disso, precisa investir nos famosos 3 Rs: reduzir, reutilizar e reciclar e 4 Ss: segurança, sustentabilidade, satisfação do consumidor e aceitação social.

Algumas práticas do marketing verde são: redução de resíduos com programas de reciclagem e reaproveitamento de materiais; tornar o produto mais sustentável; eliminar os produtos poluentes; redução de materiais não biodegradáveis; investir em programas de inclusão.

Como identificar o greenwashing?

Identificar o greenwashing não é tarefa fácil. Para sua correta identificação deve-se fazer uma vistoria detalhada do produto e seus processos. Confira algumas formas de apresentação do greenwashing:

  • Segmentação oportunista: Empresa que possui diversas linhas de produtos, mas apenas algumas linhas possuem produtos sustentáveis. Assim, o consumidor pode pensar que todos os produtos e processos da empresa ocorrem com responsabilidade ambiental.
  • Custo ambiental escondido: Acontece nos casos em que a empresa apresenta algum benefício ambiental sem explicar o processo. O método utilizado no processo pode causar maior degradação ambiental do que a não realização do benefício apresentado. 
  • Referência sem prova: Quando a empresa afirma que o produto é bom para o ambiente, mas não apresenta provas científicas que comprovem.
  • Esclarecimentos irrelevantes: ocorre quando a empresa divulga que seu produto não possui alguma substância nociva, porém é uma obrigação da empresa não colocar essa substância no produto. São as substâncias proibidas por lei e não devem ser expostas como uma vantagem.
  • Mentira: Quando a empresa diz praticar ações sustentáveis, mas faz o contrário, não possui nenhuma responsabilidade ambiental.

Como evitar o greenwashing?

Agora que você já sabe o que é o greenwashing, com certeza já percebeu que – por mais que pareça atrativo – não vale a pena mentir ou ocultar informações sobre responsabilidade ambiental. No fim, essa prática pode gerar uma grande dor de cabeça. 

Por isso, tome cuidado com suas ações, campanhas de marketing e, o mais importante, contrate uma consultoria ambiental para que sua marca e empresa sejam realmente responsáveis com o meio ambiente!

Iniciar conversa
Olá! Me chame aqui se precisar :)
Olá! Estou aqui à disposição para esclarecer suas dúvidas, é só chamar!